SETOR DE VETORES REALIZA MEDIDAS DE COMBATE E PREVENÇÃO AO MOSQUITO DA DENGUE EM SANTO ANASTÁCIO

Imagens (AZUL) Larvicida aplicado na noite desta segunda-feira.
Imagem (Vermelha) Larvicida aplicado na manhã de hoje.

A Secretaria Municipal da Saúde por meio do setor de Vetores Municipal tem intensificado o combate ao mosquito Aedes aegypt devido à sazonalidade da dengue, uma vez que a doença tem maior incidência no período do ano onde as condições climáticas, em razão das chuvas e do calor, favorecem naturalmente a proliferação do vetor.

As ações têm como objetivo a eliminação da larva com a passagem do larvicida biológico que está sendo realizada em todos os pontos do município, do mosquito adulto e também trabalham a conscientização da população sobre os perigos da dengue.

Segundo o responsável pelo setor de Endemias, Anderson José da Silva, o foco é o controle larvário com o uso de larvicida biológico, bloqueios de transmissão, eliminação manual de criadouros, nebulização de inseticidas com máquinas de nebulizações ultrabaixo volume (UBV) veicular e costal e atendimento intensificado aos locais onde foram constatadas pessoas com a doença.

Transmissão e sintomas:

A dengue é uma das arboviroses mais comuns, transmitida pela picada do Aedes aegypt, e umas das formas mais eficazes de preveni-la é evitar possíveis criadouros do mosquito. Para isso é essencial eliminar focos de proliferação do mosquito, como objetos que acumulam água parada (vasos, pratinhos, potes e garrafas, por exemplo).

Os principais sinais da doença são:

• Dor abdominal intensa e contínua;

• Vômitos persistentes;

• Tontura, principalmente quando fica de pé;

• Sangramentos de mucosa;

• Sonolência ou muita irritabilidade.

Ao apresentar qualquer um desses sintomas, é necessário buscar atendimento médico imediato na Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima.