SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE LEVA CARTELINHAS DE MEDICAMENTOS VAZIAS, DOADAS PELA POPULAÇÃO A ONG DE PRESIDENTE PRUDENTE

Na tarde de ontem (3), o Secretário do Meio Ambiente Rodrigo Carniatto juntamente com o diretor do departamento Euclides Soares de Freitas, foram até a Organização Não-governamental (ONG) Rede Amor e Esperança na cidade de Presidente Prudente, fazer a entrega das cartelas de remédios e lacres de latinhas de alumínio doadas pela população de Santo Anastácio para a ajudar na compra de cadeiras de rodas.
Essa é uma campanha implantada no município que foi aderida de forma muito efetiva tanto dos participantes (funcionários do setor) quanto dos colaboradores (população que sempre doa os materiais).
Ao todo na cidade existem três pontos de coleta: na Secretaria do Meio Ambiente localizada na própria prefeitura, no Posto São Paulo, localizado na avenida Nove de Julho e ainda na UBS Doutor Orlando Bertoli (Postão).
De acordo com Rodrigo, sempre que existe uma boa demanda de materiais arrecadados, eles levam para a ONG em Prudente.
“Queremos agradecer o empenho de todos os munícipes que diretamente já colaboraram com a compra de algumas cadeiras de rodas destinadas a pessoas literalmente necessitadas, essa boa ação ainda irá mudar a história de vida de muita gente, cada cartelinha vazia faz a diferença”, agradece.
SAIBA UM POUCO MAIS SOBRE O PROJETO ECCOPLASTIC:
Esse Projeto é da empresa Eccoplastic de Pouso Alegre MG, especializada em engenharia reversa e reciclagem de blisters (cartelas) de medicamentos, reaproveitando esse material que não tem valor comercial para a reciclagem convencional, o que permitia que esses materiais fossem parar nos aterros sanitários e até mesmo em incineradores poluindo assim o solo, a água e até mesmo o ar.
No Brasil, todos os anos são produzidos 18 mil toneladas desse produto que antes não havia reciclagem e hoje temos a oportunidade de descartar corretamente e possibilitar a diminuição dos impactos causados pelo homem no Meio Ambiente, deixando assim um futuro melhor para os futuros habitantes do planeta.
Além disso, a cada 3500 quilos devolvidos de forma correta à Eccoplastic, pode-se beneficiar uma pessoa que necessita de uma cadeira de rodas, pois como incentivo para coletar os blisters, a empresa doa o equipamento que ajuda a quem precisa e não pode comprar.
A coleta dos blisters foi iniciada em maio de 2019, mobilizando várias cidades da região de Presidente Prudente, o que permitiu coletar mais de 5 toneladas do material.