SETOR DE ENDEMIAS VISITA NOTIFICADOS SUSPEITOS DE DENGUE E DISPONIBILIZA PULSEIRINHAS REPELENTES

Nas últimas semanas, 25 pessoas foram notificadas com suspeita de dengue em Santo Anastácio, destes, 4 casos foram confirmados. A Vigilância Sanitária Municipal, através dos funcionários do setor de Endemias, está realizando um trabalho de visita a estes suspeitos que estão aguardando o resultado do exame e oferecendo pulseirinhas repelentes como forma de prevenção. Uma vez que, de acordo com o veterinário responsável pelo setor de Endemias, Paulo Ricardo Dória de Souza, se um mosquito picar uma pessoa positiva ao vírus da dengue, ele se contamina e pode levar a doença para mais ou menos outras 20 pessoas.

“A transmissão da dengue se dá pela picada do mosquito aedes aegypti. Quando esse mosquito pica uma pessoa contaminada com o vírus, passa a transportar o vírus da dengue durante toda a sua vida e transmiti-lo para as pessoas que picarem após. Com a pulseirinha, a pessoa infectada acaba por afastar os mosquitos e desta forma colaborar para que outras pessoas não sejam contaminadas, uma vez que não há transmissão direta entre as pessoas”, explica.

Ainda segundo com o responsável, estão sendo oferecidas de forma espontânea aos casos suspeitos, de 3 a 4 pulseirinhas para serem substituídas ao passar dos dias, até que a pessoa, caso esteja positiva, saia do período de transmissão.

Neste ano de 2022 aqui em Santo Anastácio, 4 casos de dengue foram registrados até o momento.

Paulo também informa que campanhas preventivas estão sendo fortemente trabalhadas pelo setor para que o município não tenha surtos da doença, mas também pede a colaboração de todos os munícipes nas ações diárias de cuidados, limpeza e não armazenamento de águas em locais impróprios.